voltar

 
 

 Do Mosteiro à Ponte do Abade

 
A plantação numa propriedade de 100 hectares de 12 mil castanheiros, em toda a montanha a norte por cima da Quinta do Mosteiro, modificou agradavelmente todo o visual do território circundante da aldeia, passando a dar finalmente um novo fôlego ao convento e casas que disputavam já a decadência e morte.
 


Em todo o vale do Távora, no sopé da montanha, e desde o Mosteiro à Ponte do Abade  vai encontrar espaços naturais de lazer e oportunidade para testar a sua destreza física. Passeios de BTT, Moto-Quattro ou passeios pedestres vão pô-lo à prova e proporcionar momentos de lazer descontraídos.

Leve sempre o fato de banho à mão. O rio e suas represas vão surpreendê-lo pelo caminho e não vai resistir a dar um mergulho nas águas límpidas e refrescantes

Também ao percorrer as margens do Távora, com alguma espécies piscícolas e aves aquáticas, é possível aos amantes da caça e pesca desportiva saborearem bons momentos.

 
Os peixes do Távora, o barbo a boga e a fardeta fazem parte da cultura gastronómica local.

Passe pois momentos de pura descontracção, enquanto espera que a presa fisgue o isco e admire a exuberante natureza envolvente.

            

 

voltar