Voltar 

O que se passou nas Horas e Dias seguintes
 
Após a paragem do Avião na estrada, já na ponte construída há 16 anos em Vila da Ponte, rapidamente os mecanismos de urgência de evacuação dos passageiros

e tripulação se processou rapidamente e com grande eficácia.

Ferimentos ligeiros nos passageiros, alguns desmaios, felizmente foram as consequências, muito minimizadas de algo que no actual momento poderia ter sido uma catástrofe.

A Unidade Móvel de Saúde da Câmara Municipal de Sernancelhe rapidamente foi mobilizada com meios de enfermagem, e a própria Instituição Municipal juntamente com forças Militares foram recrutadas, conforme se pode evidenciar à direita.
Todavia, e como sempre na população Portuguesa os curiosos e observadores foram os que mais obstaram ao normal funcionamento das operações de socorro.

Pelo contrário, foram responsáveis por alguma sinistralidade popular pela sua já habitual distracção.

A carrinha observada à direita, cujo condutor teve de ser assistido por escoriações e pânico, foi uma consequência natural do condutor em ver um monstruoso avião aterrar no outro lado da estrada do Távora, e em plena histeria esbarra-se.

Acolheram ao local milhares de populares do Concelho de Sernancelhe e adjacentes.
Nunca uma história e de final tão feliz foi ouvida em Sernancelhe, ou direi mesmo em Portugal.

Para ironia de todos o avião teve de ser desmantelado, visto não possuir pista suficiente para levantar voo (2.000 metros).

Vila da Ponte passou a ser conhecida pela aldeia Milagreira, que salvou as 380 almas do avião que circulava a 11.000 metros de altura e com uma velocidade de 1.100 Km/ hora.



Mais tarde vieram a dar ênfase à Senhora das Necessidades, a Santa devota de Vila da Ponte, com um Santuário próprio, no cimo dum monte chamado o Monte da Borralheira, orientado e a abençoar a Vila da Ponte, e que pela História da Religião Cristã, ao longo dos tempos foi já responsável  por vários milagres, e crê-se que este milagre do Avião, também foi uma bênção da Senhora das Necessidades.

 


Á direita podemos ver várias fotos, logo nas horas a seguir ao desastre do avião em que os populares, afluíram em grandes massas para ver o triste evento.
Enfim, uma história de aventura e verídica que aconteceu em Sernancelhe, de final feliz, e que encheu os noticiários do mundo inteiro.


 

Assim sendo Vila da Ponte, fica nas referências bibliográficas da aviação civil, e concerteza que está na mente e coração de todos os aviadores nas horas difíceis, em que o impossível se pode tornar realidade...

 
 

  Voltar